7 curiosidades sobre Ermance Dufaux

1/26/2015 08:19:00 AM 9 Comentários


A vida da autora espiritual Ermance Dufaux sempre gerou curiosidade no público. Afinal, quando Ermance teria começado a exercer sua mediunidade? Quando conheceu Allan Kardec? Confira abaixo 7 curiosidades reveladoras.

1. Família influente na economia francesa

O pai de Ermance Dufaux foi um rico produtor de vinho e trigo. Junto a sua família, residia num castelo medieval herdado de seus antepassados.

2. Mediunidade na pré-adolescência

Após os primeiros "sintomas" de mediunidade, aos 12 anos, Ermance foi levada por seu pai ao médico Cléver De Maldigny que, originalmente, a diagnosticou com um "distúrbio nervoso" que afetava vítimas na América.

3. Estudiosos de olho

A notícia dos "sintomas" de Ermance logo se espalhou em Paris, chegando aos ouvidos do Marquês de Mirvile, famoso estudioso do Magnetismo. Na ocasião, Mirvile sugeriu que Ermance deveria ser estudada pela Academia de Ciências de Paris, mas a sugestão foi negada pela família.

4. Mensagem de Napoleão Bonaparte

O Imperador Napoleão III ficou curioso e pediu para conhecer a Srta. Dufaux. Ela foi recepcionada no Palácio de Fontainebleau e recebeu uma mensagem de Napoleão Bonaparte para o sobrinho. A mensagem respondia a uma pergunta mental de Luís Napoleão e seu estilo correspondia ao mesmo de Bonaparte.

5. Encontro com Allan Kardec

A família Dufaux conheceu Allan Kardec na noite do dia 18 de abril de 1857. O codificador deu uma pequena recepção em seu apartamento e os Dufaux foram levados por Madame Planemaison, grande amiga do professor lionês. Posteriormente, Ermance colaborou como médium no trabalho de Kardec, na elaboração da segunda edição de “O Livro dos Espíritos” em 1860. 

6. O primeiro centro espírita do mundo

No dia 1º de abril de 1858, praticamente um ano após o lançamento do 1º volume da Codificação, ao lado de Ermance Dufaux e outros médiuns, Allan Kardec fundou a Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas – SPEE, considerada o primeiro centro espírita do mundo.

7. Livro inédito

Um novo livro de Ermance Dufaux está sendo psicografado pelo médium Wanderley Oliveira e será lançado assim que o trabalho for concluído.

Notas:
Jornal Mundo Espírita de Abril de 1998
Pesquisa de Mauro Quintella

9 comentários:

  1. Gosto imensamente de tosos os livros de Ermance Dufaux.

    ResponderExcluir

  2. aprecio seu estilo de apresentar ao leitor um conteúdo claro e despojado, firme e encorajador á reforma da nossa alma encarnada, aproveitando assim essa abençoada oportunidade no caminho do crescimento.

    ResponderExcluir
  3. Seria ideal conhecermos mais detalhes sobre Emance Dufaux, dentre os quais o ano que ela nasceu, cursos que fez, quais seriam os sintomas da mediunidade,ano que desencarnou e como foi, etc.

    ResponderExcluir
  4. ***Para mim ela e´ a melhor psicóloga que já conheci.

    ResponderExcluir
  5. Amo toda a obra dessa companheira querida!! aprendo muito com seus livros!!!!! lucia christina

    ResponderExcluir
  6. Não conheço nada sobre esse espírito Ermance Dufaux , mais se viveu nessa época tão importante e ao lado do próprio Alan Kardec , procurarei conhece-la , Sei que valerá a pena .

    ResponderExcluir
  7. Impossível não ser "contagiado" por seu otimismo encorajador, característica marcante de sua maneira de expor um roteiro seguro para a Reforma Íntima. É muito bom ler Ermance.

    ResponderExcluir
  8. Eu li 2 livros de Ermance Dufaux. O primeiro foi reforma íntima sem martírio, um roteiro seguro de como nós pecadores e teimosos na prática do orgulho e egoismo, já com bastante inteligência e conhecimento científico desenvolvido e necessitando melhorar a moral, podemos começar a mudar o comportamento na relação diária com nossos semelhantes e superando o apego a matéria. Tudo isso, tendo a consciência plena de que não vamos virar santo de um dia para o outro, pois, o processo evolutivo é lento e penoso. Agora, nossa obrigação é começar já a nossa mudança de vida e de comportamento.
    O segundo livro de Ermance que li foi Lírios de Esperança. É muito interessante saber como aqueles que se consideram espíritas perfeitos e doutores na doutrina chegam no plano espiritual cheios de equívocos e máscaras que terão que ser tiradas e mostradas nuas e cruas diante de si mesmos e dos guias espirituais mais evoluídos.

    ResponderExcluir
  9. Eu li 2 livros de Ermance Dufaux. O primeiro foi reforma íntima sem martírio, um roteiro seguro de como nós pecadores e teimosos na prática do orgulho e egoismo, já com bastante inteligência e conhecimento científico desenvolvido e necessitando melhorar a moral, podemos começar a mudar o comportamento na relação diária com nossos semelhantes e superando o apego a matéria. Tudo isso, tendo a consciência plena de que não vamos virar santo de um dia para o outro, pois, o processo evolutivo é lento e penoso. Agora, nossa obrigação é começar já a nossa mudança de vida e de comportamento.
    O segundo livro de Ermance que li foi Lírios de Esperança. É muito interessante saber como aqueles que se consideram espíritas perfeitos e doutores na doutrina chegam no plano espiritual cheios de equívocos e máscaras que terão que ser tiradas e mostradas nuas e cruas diante de si mesmos e dos guias espirituais mais evoluídos.

    ResponderExcluir